22 de março de 2016

AS LIÇÕES DE GUINEENSE (KRIOL) - 1ª LIÇÃO (parte I)

PRIMEIRA LIÇÃO


Para uma melhor facilidade de aprendizagem do guineense, recomendo o livro Kriol Tem, de Teresa Montenegro, contém vocabulários, nome de animais, de plantas (científicas inclusive) e expressões idiomáticas (muitas que eu não conhecia e outras que já esqueci). Quem quiser adquirir o livro pode contactar kusimon@kusimon.com ou avise-me aqui.


SAUDAÇÕES

GUINEENSE
PORTUGUÊS
PRONÚNCIA
mantenha
cumprimentos
mantenha
fala mantenha
cumprimentar
fal-à* mantenha.
bom dia
bom dia (óbvio, não?)
bom dià
bo tardi
boa tarde
bó tarde
bo noti
boa noite
bó note
kuma k bu sta (kuma ku sta)?**
kuma di kurpu?
como estás?
cuma que bu stà*
cuma di curpo?
nsta bem
kurpu sta bem
estou bem

kurpo sta bem
te logu
até logo
té logo
te manha
até manhã.
té manhà
dipus no na odja
vemo-nos depois
dipus nó na odjà*

Observação 1: nas partes da pronúncia, só vou escrever as falas que possam criar alguma confusão. Por exemplo, não dizer “bo tardi”, com o “i” tónico, em vez de “bo tarde” com um “e” reduzido.

Observação 2: não estou certo se o guineense é uma língua de acento ou uma língua de tom (confiram com o Dicionário do Guineense de Scantamburlo), porque parece que mistura as duas coisas, como na palavra “mpelele” do “branku-mpelele” que tem três acento tónicos, “mpé-lé-lé”, ou na palavra “pelele” do “pelele di gatu”, que têm dois acentos tónicos “pelé-lé.

* O acento em guineense é diferente do acento em português. Quando utilizo “acento grave” na coluna da pronúncia é para marcar a diferença entre a pronúncia guineense e a forma de ler português, que não contempla o nosso acento. Por exemplo, tomemos em conta as palavras “paraquedas” e “para”, o “para” lê-se de forma diferente nas duas palavras. Quando utilizo o “acento grave” é para a palavra ser lida como o mesmo acento que o “para” em “paraquedas”.
Outra forma de pronunciar corretamente seria fazê-lo como se não existisse o vogal antes da última sílaba, por exemplo a palavra “fala”, quando é verbo (falar), lê-se com o mesmo acento com que se leria “fla” (todos os verbos lêem-se com este acento, salvo raras exceções), no entanto, quando é substantivo (voz), lê-se como em português, “fala”.

** “Kuma k bu sta?” pode-se também dizer “kuma ku sta?”, acontece aqui que o “ki bu” é sincopado em “ku”. (E vale a pena dizer: neste caso, “não tem nada a ver com as calças”). Será depois melhor explicado.



GRAMÁTICA

Os pronomes pessoais são usados de duas formas. A primeira só é usados em caso indicativo ou em combinação com o verbo ser (sedu). Para conjugar os restantes verbos, o pronome pessoal utiliza-se com outras partículas (que implicam ação) e ela podem ser usados na conjugação sem a presença dos pronomes.

PRONOMES PESSOAIS (1ª forma)
GUINEENSE
PORTUGUÊS
PRONÚNCIA
ami
eu
ami
abo
tu
abò
el
ele/ela
el
anos
nós
anóss
abos
vós
abóss
elis
eles/elas
eliss


Frases de exemplo
GUINEENSE
PORTUGUÊS
PRONÚNCIA
Ami i fidju di nha pape.
Eu sou filho do meu pai.
Ami i fidjo de nha pá-pé.
Abo i studanti di kriol.
Tu és estudante do crioulo.
Abò i estudante de kriol.
El i bu grandi amigu.
Ele é teu grande amigo.
El i bu grande amigo.
Anos i prumeru k tchiga.
Nós fomos os primeiros a chegar.
Anóss i prumero que tchigà.
Abos k bim ku e storia.
Vocês é que vieram com essa história.
Abóss que bim cu e estória.
I elis k kume nha bianda.
Eles é que comeram a minha comida.
I eliss que cumè nha bianda.
Kim k ta manda li i el.
Quem manda aqui é ele.
Quim que ta mandà li i el.
I ka ami ki furta bu nbludju.
Não fui eu que roubei o teu embrulho.
I ca ami que furtà bu nbludjo.
Abo ki djimpinil otcha i na laba.
Foste tu que o/a espreitaste quando se estava a lavar.
Abò que djimpinil otcha i na labà.
Anos ki rabata pon di bu ermon.
Nós é que arrebatamos o pão do teu irmão.
Anóss ki rabatà pon di bu ermon.

Para conjugar os outros verbos, os pronomes pessoais levam outras partículas e são conjugados utilizando essas partículas (2ª forma).



PRONOMES PESSOAIS (2ª forma)
GUINEENSE
PORTUGUÊS
PRONÚNCIA
ami
n’
eu
ami n’
abo
bu/u
tu
abò bu/u
el
i
ele/ela
el i
anos
no
nós
anóss nó
abos
bo
vós
abóss bó
elis
e
eles/elas
eliss é


Frases de exemplo
GUINEENSE
PORTUGUÊS
PRONÚNCIA
Ami n’ kume (nkume) dja.***
Eu já comi.
Ami ncumè djá.
Abo bu ka sibi papia guinensi.
Tu não sabes falar guineense.
Abo bu ca sibì papia guinense.
El i ta furta bakas.
Ele rouba vacas.
El i ta furtà bacas.
Anos no panha mampusma.
Nós apanhamos pé-de-atleta.
Anóss no panhà mapussma.
Abos bo gosta di nfala-nfala.
Vocês gostam de diz-que-diz-que.
Abóss bó gostà de nfalà-nfalà.
Abo bu/u fiu suma santchu.
Tu és feio como um macaco.
Abo bu/u fiu suma santcho.
Elis e ka ta konta bardadi.
Eles não dizem a verdade.
Elis é ca ta contà bardade.
Abo bu kumpra kil bobra na fera.
Tu compraste aquela abóbora na feira.
Abò bu cumpra kil bobra na fera.
Ami nkaba dja e parti.
Eu já acabei esta parte
Ami nkabà djá é parte.
Anos no ka ta medi nada.
Nós não receamos nada.
Anóss nó ca ta mede nada.

*** N’ kume (comi), faz-se a síncope, eliminando o apóstrofo, e fica nkume. Todas as conjugação em primeira pessoa do singular que usem «n’» seguido de uma uma consoantes, escreve-se sem o apóstrofo. Exemplo: Nkaba (acabei), ntoma (tomei). No entanto, mantém-se o apóstrofo quando «n’» precede uma vogal. Exemplo: n’iabri (abri), n’obi (ouvi).


Observação 3: Para a conjugação dos verbos (exceção do verbo ser - sedu) pode-se utilizar as partes respetivas de cada pronome, sem a necessidade de utilazar o pronome em si. Por exemplo: "N'odja (eu vi), em vez de  Ami n'odja". "Bu tene/U tene (tu tens) em vez de Abo bu tene. De forma geral é como dizer em português "tenho", em ver de "eu tenho", porque a primeira forma subentende o pronome "eu".

VERBO SER – SEDU
GUINEENSE
PORTUGUÊS
PRONÚNCIA
ami
i
eu sou
ami i
abo
i
tu és
abò i
el
i
ele/ela é
el i
anos
i
nós somos
anóss i
abos
i
vós sóis
abóss i
elis
i
eles/elas são
eliss i


Os verbos em guineense conjugam-se, mudando apenas o pronome pessoal. O único verbo irregular é o verbo sedu. E é também, dos poucos verbos com “presente de indicativo simples”, os restantes, como veremos nas aulas mais à frente, só são conjugados no "presente" de forma composta.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...